Serviços

Os serviços prestados pelo Lar Samaritanos objetivam diretamente o cuidado com o idoso, em atenção ao que prescreve o Estatuto do Idoso e em complemento à atividade do Estado.

O artigo 1º da Lei nº 10.741, de 1º de outubro de 2003, define pessoa idosa como toda pessoa com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, à qual lhe é assegurada o gozo de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana.

Por sua vez, o artigo 3º da mesma Lei, torna obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do Poder Público assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária.

Neste contexto, o Lar Samaritanos atua em parceria com as famílias e com o Estado, buscando cumprir os mandamentos legais e sobretudo oferecer aos idosos sob sua responsabilidade a assistência necessária para o alcance da dignidade de que lhes é devida por direito.

Administração

As atividades administrativas do Lar são desempenhadas por uma equipe constituída de 3 (três) membros, os quais conduzem diuturnamente os processos de gestão financeira, orçamentária, patrimonial e administrativa.

São membros da Administração:

  • Administrador: Sr José Elias Vieira dos Santos;

  • Coordenadora: Sra Edineide dos Passos Batista, e

  • Responsável Técnico: Enfermeira Sra Suely Maria de Almeida dos Santos.

Projetos

A Diretoria mediante deliberação da Assembleia Geral aprovou, para o exercício financeiro de 2020 os seguintes projetos:

1 -  Projeto Revitalização das Instalações;

2 -  Projeto Retomada da Obra de Construção da Nova Cozinha e Salão Multiuso;

3 -  Projeto Revitalização do Sistema de Segurança;

Os projetos aprovados dependem, para sua execução, da arrecadação de recursos oriundas de doações.

Atividades de Apoio

Para que as atividades do Lar sejam desenvolvidas é necessário ações complementares que possam minimizar a dependência das doações.

Essas atividades consistem:

1 - Bazar permanente: vendas a preços módicos de roupas, calçados e eletrodomésticos ;

2 - Cultivo de horta: plantação de alface, cebolinhas, coentro, tomates, jilós e ervas medicinais;

3 -  Granja: criação de galinhas, patos, perus, etc e produção de ovos;

4 -  Pocilga: criação de porcos; e

5 - Plantações de cana, banana,

mandioca, chuchu, abóbora, laranja, limão, manga e abacate.

Os recursos arrecadados com a venda dos produtos do Bazar são revertidos para as pequenas despesas do Lar, tais como as relacionadas aos condimentos utilizados na cozinha.

Os produtos hortifrutigranjeiros são consumidos diretamente no Lar reduzindo desta forma a necessidade de aquisição no mercado.

Legislação
Ingressos de Internos

A legislação pertinente ao objeto de atuação do Lar Samaritanos consiste basicamente em:

1 - Estatuto do Idoso: Lei nº 10.741, de 01 de outubro de 2003.

2 - Sistema Único de Saúde Estadual - Lei nº 16.140, de 02 de outubro de 2007.

3 -  Utilidade Pública Municipal: Lei nº 821, de 05 de novembro de 2010.

4 - Utilidade Pública Estadual: Lei nº 20.681, de 26 de dezembro de 2019.

5 - Instituições de Longa Permanência para Idosos: Resolução RDC nº 283, de 25 de setembro de 2005.

6- Estatuto do Lar Samaritanos.

O Lar está aberto a receber idosos de ambos os sexos sempre que houver disponibilidade de vagas e desde que as exigências abaixo discriminadas sejam cumpridas:

1 - Tenha idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos;

2 - Apresente Laudo Médico recente atestando as condições de saúde do idoso(a), bem como a(s) prescrição(ões) médicas e dietas alimentares, se for o caso:

3 - O responsável assine Contrato de Prestação de Serviços ao Idoso, conforme Resolução nº 12, de 11 de abril de 2008; e

4 - Preencha Ficha Cadastral com os dados de qualificação do Idoso(a) e de seu Responsável.

Mensagens

"Vivências"

Todos os dias se apresenta uma oportunidade sem igual de servir com ideal, de ser a mão que acalenta.

Todos os dias temos tempo para acertar os ponteiros, para seguir o cordeiro em seu amor e alento.

Todos os dias vemos o céu, vemos a beleza da vida, vemos almas queridas em apoio fiel.

O que nos falta irmãos, para tomar a atitude em direção a plenitude e iluminação da jornada?

O que nos impede de enfim trabalhar, de servir a um e a todos, de ser o lábaro exemplar nos caminhos que percorremos?

Ainda é tempo de transformar a intenção em vivências, a palavra em essência que nos habita a alma.

Não percais segundo sequer nas desculpas cotidianas. Trabalha, Serve e Ama. É isso que o Pai quer!!!

(Mensagem recebida pela Médium Carolina Abreu, em 08 de setembro de 2010, na Reunião mediúnica de quarta-feira, 20h - Grupo João Pinto de Farias)

Seja um Voluntário
Notícias do Lar
Necessidades do Lar

Todos podem ser um voluntário. Voluntário é uma relação humana, rica e solidária. É uma via de mão dupla, pois quem doa também recebe.

Voluntariado é uma Ação. O voluntário é uma pessoa criativa, decidida, solidária. Não é preciso pedir licença a ninguém antes de decidir a agir. Quem quer vai e faz. Claro que quando a ação se dá no interior de uma instituição, a contribuição do voluntário deve estar bem articulada com as necessidades e procedimentos da entidade que o recebe.

Voluntariado é escolha, é compromisso, é uma ação duradoura e com qualidade, é uma ferramenta de integração social. Cada um é voluntário a seu modo.

Ligue e seja um Voluntário!!!

Atenção Colaboradores, familiares e visitantes!

Preocupando-se com a saúde e segurança de todos, o Lar Samaritanos suspendeu as visitas de familiares e colaboradores por tempo indeterminado.

Trata-se de medida protetiva, pois os nossos internos integram o grupo de maior risco do Coronavírus.

Mas tenham a certeza que tudo o que for possível e necessário para proteger os funcionários, colaboradores e todos os internos será feito sem medida de esforços.

Agradecemos pela compreensão e esperamos vencer esta situação o quanto antes possível.

O Lar Samaritanos não recebe recursos financeiros de entidades Estatais, Federais ou Municipais. Sobrevive com base nos recursos recebidos dos benefícios dos idosos e contratos celebrados com familiares.

Em função disso têm algumas necessidades que são integralmente dependentes de doações, pois os recursos recebidos são destinados às despesas fixas de funcionamento.

As principais necessidades que carecem de doações são:

1 - Leite - 70 (setenta) caixas de 12 litros cada por mês;

2 -  Fraldas geriátricas -  3.000 (três mil) unidades mensal;

3 -  Luvas de Procedimentos: 800 (oitocentos) pares por mês;

4 -  Máscaras: 300 (trezentas) unidades mês;

Visitas abertas diariamente

  • w-facebook
  • w-blogger

Segunda a Sexta:             10:00 - 16:00
Sábados e Domingos:     09:00 - 17:00

 

Ligue: (061) 3723-2805; 99972-9817;  99976-4505 ou 99832-5249 
Banco do Brasil,  Agência 1004-9, C/C 116.788-x ou ZERO   -   Poupança: Variação 51